NOTA CEII SP #4 [22/06/2017]

Muito interessante como o texto fez a discussão caminhar para pensar sobre as formas de organização da vida (para além da questão econômica) e também pensar sobre a auto -organização dos trabalhadores.

Conversando com o Movimento Parque Augusta eles contaram um pouco que a proposição deles para a prefeitura é transformar a gestão do parque em um laboratório de uma gestão autônoma do espaço público. Ou dizendo de outra forma – gestão auto organizada pelas pessoas.

Eu como trabalhador da saúde e participante do movimento social Fórum Popular de Saúde já fizemos greve por salário, protestos por melhores condições de trabalho, para não fechar ou privatizar um serviço de saúde – mas nunca demos este passo tão importante que o movimento Parque Augusta está se dispondo a dar – defender uma gestão efetivamente sob controle dos usuários.

Ora não é hora de uma proposição política que enfrente tanto o estatismo hierárquico quanto a privatização alienante? São também estes desafios para o próprio CEII que é uma laboratório de experimentalismo organizativo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *