NOTA CEII SP #1 [22/06/2017]

Pessoalmente, fui um dos entusiastas do chamado “escuta luta interno”, muito mais pela oportunidade de ouvir as atividades dos demais camaradas da célula, como também por tirar disto uma lição sobre o nosso comportamento geral no passado, onde aparentemente nosso apego excessivo à letra do projeto nos impediu de ouvir melhor algumas das pessoas que passaram pela célula.

Agora, me parece que a proposta feita na última reunião sobre buscarmos ouvir sobre a vida “no trabalho” dos participantes foi um pouco longe demais. Afora outras considerações que teria, acho principalmente que isso faz parte de uma tentativa, já um pouco manifesta no “escuta luta interno”, de fugir de nossa aparente “inoperatividade”, como se olhando para outros lugares onde as coisas supostamente “acontecem” nos livrassemos do peso de nossa própria falta de expectativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *