NOTA #1 [11/07/2016] (RJ II)

O texto de Zizek visa, ao mesmo tempo, uma proposta de emancipação que não ceda nem ao populismo (de direita e de esquerda) nem aos discursos individualizantes (voluntarismos de esquerda e direita)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *